Um novo Nordeste: força-tarefa das águas perfura poços movidos a energia solar

A Força-Tarefa das Águas perfurou mais de 50 poços tubulares movidos a energia solar no primeiro trimestre de 2022. As estruturas servem produtores rurais de municípios pernambucanos. Criada em 2019, a iniciativa do governo federal já beneficiou quase 1 milhão de brasileiros com 47 mil novos sistemas instalados em toda a região Nordeste e parte de Minas Gerais.


A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) perfurou os poços nos municípios pernambucanos. Ao longo do primeiro trimestre deste ano, foram investidos R$ 1,5 milhão nessas instalações. De acordo com o governo federal, mais 600 mil moradores da região devem ser impactados pela Força-Tarefa das Águas até o final de 2022, “totalizando 1,5 milhão de brasileiros beneficiados”.


Os municípios pernambucanos que receberam os poços tubulares movidos a energia solar no primeiro trimestre de 2022 são: Água Preta, Arcoverde, Betânia, Bonito, Brejo de Madre de Deus, Buíque, Cabrobó, Carnaubeira da Penha, Catende, Cedro, Chã de Alegria, Ibimirim, Lagoa do Itaenga, Machados, Orocó, Palmares, Palmeirina, Panelas, Parnamirim, Pedra, Pesqueira, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São Bento do Una, São Lourenço da Mata, Serrita, Sertânia, Solidão, Triunfo, Tupanatinga, Verdejante e Vitória do Santo Antão.


“Até aqui já levamos água, por meio de poços tubulares, a 33 municípios pernambucanos apenas em 2022, beneficiando mais de três mil famílias”, diz Aurivalter Cordeiro, superintendente regional da Codevasf. “Essa é uma ação que a Codevasf seguirá realizando, pois é uma maneira de garantirmos ao agricultor água para a dessedentação animal e, em alguns casos, até capacidade de ter pequenas hortas para consumo da família.”


Além da Codevasf, os ministérios do Desenvolvimento Regional, Saúde, Cidadania e Defesa, encabeçam a Força-Tarefa das Águas. O Brasil tem tudo para dar certo.