PCO vira alvo de Moraes e faz enquete pela dissolução do STF

"Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução", diz portal do Partido da Causa Operária.


Rui Costa Pimenta, Presidente do Partido da Causa Operária e editor do jornal Causa Operária e do Diário Causa Operária, noticiou na manhã de hoje que ele e o partido estão na mira do tirano sem-freio Alexandre de Moraes.

A informação foi publicada com o seguinte tuíte: "URGENTE: Alexandre de Moraes, o skinhead de toga, acaba de decretar o bloqueio de todas as contas do PCO após a crítica ao autoritarismo do STF. Está escancarada a ditadura dos 11 ministros que não receberam um único voto. Pela dissolução imediata do STF!"


O que motiva o PCO a continuar a apontar a tirania de Moraes é diametralmente oposto do portal Terça Livre TV, mas antes de observarmos as intenções é preciso dizer que Alexandre de Moraes já ultrapassou todos os limites que o Poder Judiciário possui dentro de uma democracia no Estado Democrático de Direito. Sim, o Poder Judiciário também possui limites, embora Moraes e seus comparsas não pensem assim.


Moraes, chamado de "skinhead de toga" pelos membros do PCO, é o responsável pelo fechamento das atividades de duas empresas no Brasil que hoje operam no exílio: Terça Livre TV e Artigo 220.


Mais informações em breve.