Ideais Traídos ou De Volta Para o Futuro

“Ideais Traídos”, livro de memórias escrito pelo General Frota logo após sua demissão por Geisel, e publicado apenas dez anos após sua morte, em 2006, aponta a inserção do autor nas correntes políticas existentes no meio militar na época. Ele afirma que os ideais perseguidos pelos militares desde 1922 e que se concretizaram com a Revolução de março de 1964 haviam sido traídos “[…] por um grupo encostado no poder desde março de 1974, de falsos revolucionários e aproveitadores, que, tendo recebido delegação daqueles verdadeiros idealistas para realizá-los, seguiu em caminho oposto ao esperado, destruindo a Revolução [de 64] e enterrando com ela todas as perspectivas e esperanças de atingir-se, num tempo aceitável, aqueles ideais que visavam arrancar o Brasil do subdesenvolvimento e alçá-lo a uma posição de relevo no mundo, mercê de suas enormes potencialidades.” (FROTA), 2006, p.24-25.

Quer ler mais?

Inscreva-se em www.tltv.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Assine Agora