PARVUS ERROR IN PRINCIPIO MAGNUS EST IN FINE

Um pequeno erro no princípio torna-se grande no fim

Se você chegou até aqui só por curiosidade, saiba que é um caminho sem volta. Não há aqui o uso de chavões e clichês que embriagam muitos jornalistas iletrados fazendo-os crer que a liberdade de expressão é um prêmio obtido por quem é adestrado pela máquina burocrática do Estado.

Audi alteram partem é o termo latino para o que no direito é conhecido como Princípio do Contraditório. Após a liberdade de expressão e legítima defesa creio ser a linha que separa a civilidade da barbárie. Impedir uma pessoa de falar, defender-se e apresentar uma outra versão dos fatos narrados são direitos inalienáveis e nenhum tirano, ditador ou psicopata pode suprimi-los, independente do cargo que ocupa na sociedade. Incutir o medo por meio de técnicas de tortura psicológica é próprio de narcotraficantes e genocidas, mas esses eu conheci de perto. Não funcionará comigo. E no que depender de mim, não acontecerá com ninguém que estiver no meu alcance, independente de sua crença, cor, raça e ideologia. Todo censor deve ser detido e ter seus meios de execução fora de seu alcance imediatamente.

Se você não agir agora, poderá ser tarde demais, pois "um pequeno erro no princípio, torna-se grande no fim". Assine agora e mantenha a chama acesa do jornalismo independente e sem medo.

Crie sua conta gratuitamente aqui no site e assine um dos planos clicando no botão abaixo. A verdade não será calada.